Saiba mais sobre automação de marketing para consultórios médicos

A automação de marketing já é algo familiar para grande maioria das empresas, especialmente os empreendimentos que trabalham com divulgações online.

Entretanto, muitos outros setores podem ser beneficiados com esse processo, incluindo uma clinica de angiologia, entre outros estabelecimentos na área de saúde, como consultórios médicos.

Mas para trabalhar com o chamado marketing médico, em conjunto com ferramentas de automação, é necessário ficar atento a alguns detalhes, que podem fazer a diferença na sua estratégia.

Principalmente, quando levamos em conta que esse marketing é regulado pelo Conselho Federal de Medicina, apresentando algumas limitações específicas, por exemplo, declarar-se o melhor, fazer propaganda enganosa, etc.

Então, separamos algumas dicas de como trabalhar a automação de marketing para consultórios médicos e, desse modo, alcançar ótimos resultados.

Tem interesse? Acompanhe a leitura!

O que é a automação de marketing para consultórios médicos?

A automação de marketing para consultórios médicos tem como principal objetivo realizar a criação de estratégias personalizadas, para diferentes canais de comunicação, incluindo as mídias online.

Assim, por meio desse processo, é possível atrair mais pacientes e, ao mesmo tempo, estabelecer um bom relacionamento com eles, mesmo após as consultas.

Por exemplo, após um implante capilar com valor diferenciado, o médico dermatologista responsável pode manter um contato próximo com o paciente, perguntando como está sendo a recuperação e se os resultados do procedimento corresponderam às expectativas.

No marketing médico, o pós-venda é uma etapa fundamental, especialmente na hora de garantir a fidelização do público.

Afinal de contas, é o momento em que o paciente pode, de fato, perceber se o médico está preocupado com o seu bem-estar.

Por conta disso, manter um bom relacionamento é essencial para que o paciente volte ao consultório.

Por meio da automação de marketing, toda a estratégia de relacionamento entre médicos e pacientes pode ser automatizada, o que torna as ações menos susceptíveis a erros humanos e com melhores resultados.

Além disso, há inúmeras vantagens em adotar um software de automação de marketing para consultórios médicos, entre as quais:

  • Maior rapidez na gestão de estratégias;
  • Melhor ROI (Retorno sobre Investimento);
  • Maior facilidade na execução de tarefas;
  • Acompanhamento de cada um dos pacientes.

Assim, vamos imaginar que, após uma cirurgia complexa, o paciente tem que adotar um certo tipo de dieta.

A automação de marketing médico permite que o consultório envie informações a respeito da alimentação, até possíveis ofertas de whey protein atacado, caso esse seja um produto consumível pelo paciente.

6 dicas de como criar uma automação para consultórios médicos

Conforme observado, há muitos benefícios em adotar a automação de marketing para consultórios médicos. Mas como podemos aplicar esse processo na prática?

Para responder essa questão, separamos algumas dicas para você. Confira!

1 – Segmente o seu público

O primeiro passo é conhecer quem são os seus pacientes. Dessa maneira, a segmentação do público visa obter dados importantes a respeito das pessoas que frequentam o seu consultório, para que o marketing se torne mais eficiente.

Por exemplo, imagine que é necessário fazer uma campanha para um centro de emagrecimento que está com promoção em creatina micronizada preço acessível. Para que o seu planejamento tenha efeito, é preciso saber quem são os interessados no produto.

Nesse sentido, a segmentação permite verificar quais são os interesses da audiência e, assim, é possível conhecer as especificações do público-alvo, tornando o direcionamento de anúncios muito mais objetivo e assertivo.

Afinal de contas, muito mais vale oferecer algo relevante para quem realmente quer saber sobre aquilo, do que sair “atirando para todos os lados”.

Além do mais, vale dizer que algumas ferramentas de marketing conseguem segmentar tão bem o público, que é possível personalizar o envio de mensagens e conteúdos.

Um exemplo notório são os softwares de segmentação de listas de e-mails. Com esses recursos, o consultório médico pode enviar materiais específicos para cada um dos pacientes e, mais do que isso, escrever e-mails com o nome de cada cliente.

Isso torna o relacionamento muito mais próximo e, em contrapartida, o paciente se sente ainda mais valorizado pelo consultório médico.

2 – Produza um conteúdo atrativo

Hoje em dia, com o avanço da internet, as pessoas não estão mais interessadas em propagandas sensacionalistas ou invasivas. Ao contrário, elas querem ser bem informadas a respeito de um produto e/ou serviço.

Por causa disso, quando você anuncia uma promoção de pilates aparelhos, é importante não somente falar sobre preços e qualidade, mas também, trazer um conteúdo rico, com especificações sobre esses equipamentos, curiosidades, etc.

É o chamado marketing de conteúdo, que atua lado a lado com as ferramentas de marketing.

Isso, porque dependendo em que etapa o consumidor está dentro da jornada de compra, é preciso aprofundar ainda mais o conteúdo.

Por exemplo, uma pessoa que acabou de conhecer o que é o treinamento NR 35 quer informações diferentes de um cliente que já sabe as especificações da norma.

Sendo assim, pode ser que no primeiro caso, um artigo de blog seja suficiente, enquanto o segundo, pode desejar algo mais explanado, como um e-book.

Com a automação de marketing, é possível entregar o conteúdo certo, de acordo com os conhecimentos e interesses de cada paciente.

3 – Diversifique os formatos

Fora a produção de conteúdo com informações enriquecedoras, é necessário diversificar os formatos dos materiais.

Quer dizer que, você pode tratar de um mesmo conteúdo, mas em diferentes padrões.

Por exemplo, ao abordar os usos de uma agulha para coleta de sangue, é possível produzir um artigo para blog e, ao mesmo tempo, um tutorial em vídeo, mostrando como é feito o procedimento de higienização do componente.

No entanto, é importante verificar onde esse conteúdo será publicado, já que as mídias possuem especificações quanto ao formato.

O Instagram, por exemplo, é conhecido pela predominância de fotos e vídeos de curta duração. Enquanto no blog, a preferência é por materiais em texto.

4 – Planeje as estratégias dos seus conteúdos

Depois de compreender a importância da criação de conteúdo relevante e diversificado, é necessário pensar como fazer a divulgação de maneira estratégia. Para isso, pode-se planejar técnicas eficientes, como o SEO (Search Engine Optimization).

Ora, a otimização para os mecanismos de busca, SEO, pode ser automatizada e, assim, colaborar para que a sua página apareça entre os primeiros resultados dos sites de pesquisa, em especial o Google.

Vale dizer que mais de 93% das pesquisas da internet partem do Google. Por isso, quando o blog de um consultório médico trata das características de uma membrana filtrante, é preciso automatizar processos para que esse conteúdo fique entre os primeiros resultados.

Fora o SEO, outra estratégia de automação de marketing diz respeito à produção de conteúdo constante.

Tenha em mente que o seu consultório médico precisa ser lembrado pelos clientes, por isso, devemos sempre oferecer materiais aos pacientes.

Sendo assim, vale a pena investir na construção de um calendário editorial, planejando quais os temas serão abordados, as principais palavras-chaves que devem ser usadas no texto e, principalmente, qual a frequência de publicação.

Outra questão estratégica se refere ao tipo de linguagem utilizada. O consultório médico precisa conversar diretamente com o seu público, criando uma proximidade com ele.

Desse modo, se a maioria dos seus pacientes adota uma linguagem formal, talvez essa seja a melhor abordagem. Mas se a audiência é formada por pessoas jovens e despojadas, a linguagem informal pode ser melhor.

Contudo, é preciso lembrar de oferecer informações simples e diretas, para que os pacientes não tenham dúvidas quanto ao conteúdo publicado.

5 – Utilize ferramentas de automação de marketing

Além de todas essas dicas mencionadas anteriormente, não se pode esquecer da importância das ferramentas de automação de marketing para consultórios médicos.

Isso porque, a cada dia, a demanda de clientes e pacientes do seu negócio tende a aumentar, portanto, não dá para contar apenas com os processos manuais.

Assim, por meio de softwares altamente tecnológicos, é possível otimizar o tempo, bem como a produtividade do consultório médico, além de diminuir a ocorrência de erros.

As ferramentas de automação também fornecem dados específicos a respeito de cada paciente, o que torna mais fácil o direcionamento e a segmentação de campanhas.

6 – Analise os resultados e dados da automação

Uma boa estratégia de marketing não se finaliza com as campanhas. Aliás, o marketing, principalmente o digital, é um processo cíclico, em que é necessário analisar os resultados de cada ação, para verificar o que deu certo e o que não deu.

Somente dessa maneira, você poderá saber se a automação de marketing para consultórios médicos foi realmente eficiente.

Em caso negativo, os dados mostram o porquê a campanha não trouxe bons resultados e, assim, é possível refazer a estratégia.

Em caso positivo, o consultório já sabe quais são as melhores ações de marketing.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.