Marketing Digital e PNL: 5 dicas para melhorar sua comunicação e vender mais

A PNL é fundamental para o marketing digital. Essa metodologia consiste em entender modelos mentais e trabalhar em cima da personalidade das pessoas. Para o profissional de marketing, entender o comportamento do cliente é essencial para uma estratégia de marketing efetiva.

Se você trabalha com hospedagem de sites, também pode se beneficiar desta metodologia para entender melhor o seu cliente e desenvolver um bom trabalho.

A programação neurolinguística, mais conhecia pela sigla PNL, vem mostrando uma metodologia capaz de ser eficiente para a aceleração de negócios. Muitas técnicas e ferramentas de PNL estão sendo usadas corporativamente para melhorar as vendas.

A PNL foi criada nos anos 70 pelos psicólogos americanos,  Richard Bandler e John Grinder. Estes dois estudiosos buscam criar uma forma prática para que pessoas pudessem desenvolver suas personalidades.

Bandler e Grinder afirmam que todos nós temos um modelo mental único e por ele assimilamos todos os acontecimentos diários. Dessa maneira, para estabelecer uma conexão com outras pessoas, precisamos entender o seu modelo mental. E para isso eles desenvolveram as técnicas e ferramentas de PNL.

Confira abaixo as nossas dicas para usar a PNL e melhorar os resultados de vendas, otimizando a sua estratégia de marketing:

Pratique o rapport

A técnica de rapport, também conhecida como técnica do espelho ou espelhamento consiste em “imitar” a postura, os gestores e a fala do cliente. Quando colocamos imitar sobre aspas, queremos dizer que não estamos falando de uma imitação caricata.

O que queremos dizer é que você deve se espelhar na postura do consumidor. Então, se ele fala gesticulando bastante com as mãos, faça o mesmo. Se ele fala pausadamente, busque também falar com mais calma. Entendeu como fazer o rapport? Essa técnica visa criar uma conexão instantânea com o cliente através da empatia.

Use os sistemas representacionais

O marketing começa muito antes da compra. O consumidor é atraído por produtos e serviços por meio de seus sentidos. Dependendo do segmento, é possível explorar os chamados sistemas representacionais na hora de criar uma peça de marketing.

Se os seus produtos se destacam pela elegância visual, por exemplo, você pode explorá-lo com belas imagens, com pequenos vídeos que destacam o produto, isso levará o cliente a se imaginar utilizando o mesmo.

Mas se o seu produto se destaca pelo cheiro, pelo gosto ou pelo toque, você pode preparar ações de marketing eficazes para isso. Um exemplo comum são as degustações, feitas por muitas marcas de café no supermercado e muitas lojas de perfumes. É preciso aproveitar o sentido mais atrativo do produto para gerar a vontade compra no cliente.

Olho no olho

Um bom vendedor sempre fala olhando para os olhos do cliente. É importantíssimo se manter sempre na altura do consumidor para falar diretamente para ele. O olhar ajuda bastante a passar confiança e gerar credibilidade.

Vendedores que falam sobre preços, utilidades do produto e outros detalhes olhando para o chão, provavelmente perderão a maioria de suas vendas. Sempre que o cliente se inclinar busque manter contato. Você deve manter o contato visual com qualquer cliente, independente de tamanho ou timidez do mesmo.

Gere um senso de urgência

O cliente pode ser estimulado a comprar um produto ou contratar um serviço, quando percebe que ele está escasso. No mundo do marketing e das vendas, isso se chama senso de urgência.

Esta sensação pode ser criada por profissionais de marketing e vendedores em suas abordagens diretas e indiretas. Destacar que o produto é o último ou que a promoção só vale até o próximo fim de semana, por exemplo, são excelentes maneiras de despertar no cliente a necessidade de compra.

Todo mundo adora uma boa oferta e sabe quais produtos deseja comprar. A escassez e os descontos são de grande valia para aumentar as vendas. Ações desse tipo podem ser incutidas na estratégia de marketing. Podendo ser utilizadas tanto na próxima campanha para as redes sociais como diretamente na abordagem dos vendedores.

Escuta ativa

Essa é uma habilidade fundamental para vendedores de sucesso. A escuta ativa consiste em ouvir atentamente todos os argumentos e questionamentos do cliente. Existem vendedores que na ânsia de fechar uma venda, acabam atropelando o cliente, mostrando que não tem interesse pelo que ele deseja falar.

Isso é péssimo! Na maioria das vezes, o cliente irá embora da loja ao ver que você está tentando empurrar uma venda. Em outros casos, ele vai preferir dar atenção a outro vendedor que o trate com mais empatia.

A escuta ativa visa prestar atenção em toda a fala e gestos do cliente. Assim, você pode não apenas entender o que cliente deseja, mas também notar outros aspectos como uma certa timidez ou nervosismo, por exemplo. Dessa maneira, você pode lidar melhor com a situação e responder com argumentos precisos.

Depois de todas essas dicas, você deve estar pensando: como consigo aplica-las em minha empresa? É simples! Através de treinamentos e da mudança na cultura da empresa, você conseguirá fazer com que profissionais de marketing e vendas apliquem cada uma das dicas.