Hipnose e Comunicação: entenda essa relação e como ela pode te dar auxílio

Alguma vez em sua vida você já imaginou acerca da ligação entre hipnose e comunicação, e como essa ligação entre elas pode se tornar um meio eficiente para desenvolver seus aspectos pessoais, emocionais e profissionais?

Dificuldades que encontramos para nos comunicarmos uns com os outros são comuns. Pouca confiança ao falar, obstáculos comunicativos, como pouco controle emocional ou timidez, são alguns dos causadores que podem acometer qualquer um.

Se seu problema é falar em público, ou até mesmo possui dificuldades comunicativas de maneira geral, e gostaria de lidar melhor com elas, é bem possível que a hipnose aplicada à comunicação vai te auxiliar.

Deseja aprender mais? Então continue aqui e saiba qual a ligação existente entre a comunicação e a hipnose, a importância desta ligação e como ela tem evoluído.

Hipnose e comunicação: um trajeto importante na obtenção dos seus objetivos

Num crescente onde cada vez mais se toca no assunto sobre autoconhecimento e clareza comunicativa, não unicamente para uma relação profissional de sucesso, mas também para as relações pessoais e interpessoais, compreender a importância da hipnose e como ela colabora com a comunicação é essencial.

Para entendermos melhor a ligação entre comunicação e hipnose, é importante termos em mente qual o conceito da palavra hipnose.

Existem variantes em relação ao conceito, assim como diferentes linhas. Segundo LOPES,2005:

Hipnose é um conjunto de ferramentas psicológicas e fisiológicas utilizadas para a transformação processual da atenção.

Fato é que desde os primórdios da vida humana, achamos algumas práticas análogas e relacionadas ao que consideramos atualmente como hipnose. Com aplicações na medicina tradicional, bem como em alguns rituais considerados místicos e religiosos, ela apontou suas “normas” e foi sistematizada de modo oficial em meados do ano de 1842. Tudo por causa de James Braid – considerado como o pai da hipnose.

Sigmund Freud e Jean-Martin Charcot, no fim do século 19 e início do século 20, foram os culpados pela propagação do termo.

Se, há muitos anos atrás, entretanto, a hipnose era tida de uma maneira mais mística, transpondo-se depois para uma relação terapêutica, com Milton Erickson, atualmente a hipnose se aproxima ainda mais da assertividade da comunicação.

Um exemplo disso é a oratória hipnótica, que abraça diferentes assuntos que tornam mais fácil a comunicação e a maneira com a qual o indivíduo passa sua mensagem.

Benefícios da técnica da hipnoterapia para a comunicação

Alguma vez, você já se perguntou, sobre as causas que bloqueiam a sua comunicação e encurtam seu desenvolvimento e progresso, nas diferentes áreas da sua vida?

Na maior parte dos conflitos comunicativos acontecem por razões como tom de voz inapropriado, falta de conexão do olhar, postura inadequada, não saber escutar críticas e lidar com feedbacks não positivos, falta de interesse no interlocutor, assim como a falta de empatia.

Todos estes agentes mencionados acima agem como ruídos que atrapalham o convívio entre indivíduos, equipes, causando tensão, mal-estar e outras situações desagradáveis.

Ainda assim, se falarmos na hipnose aplicada aos pontos da comunicação, vamos estar perante de não só uma ferramenta de avanço comunicativo, mas sim em um verídico combo de soluções aos mais variados problemas.

Existe por exemplo, inúmeros estudos que demonstram como a prática da hipnose pode atuar na solução de situações que embaraçam a comunicação e sociabilidade, como:

Mais do que isso, a hipnoterapia, pode agir como uma fonte de autoanálise, oferecendo auxílio para que o ser humano entenda suas crenças limitantes, a causa pelo qual tais crenças acontecem e, dessa maneira, saber viver com mais harmonia com seus problemas comunicativos e, dessa maneira, driblá-las e ainda superá-las.

Alguns lucros que o emprego da ferramenta da hipnoterapia são capazes de acarretar, quando o tema é comunicação, são:

Trabalhar melhor com a ansiedade e aquele pavor que muitas pessoas sentem, quanto está diante de um público ou quando se comunicam com outrem;

  • Criar técnicas de improviso;
  • Domínio da ferramenta de rapport e espelhamento;
  • Comunicar-se com convicção e segurança;
  • Ser capaz de fazer apresentações para plateias de alto impacto;
  • Ter domínio sobre as pernas trêmulas e a sensação de calafrio na barriga;
  • Melhor controle do corpo, com movimentos coordenados e adequados;
  • Tornar a programar-se mentalmente, entre outros aspectos que nos traz várias vantagens na comunicação.

Onde posso encontrar um curso de Hipnose?

Para poder desfrutar destes e tantos outros benefícios que a prática da hipnoterapia acarreta em sua ligação com o ato de se comunicar, uma excelente alternativa é investir em um treinamento de Hipnose.

Um curso de Hipnoterapia EAD conta com um dos mais completos no assunto, deixando acessível aos alunos, as mais avançadas práticas para que eles possam sentir a evolução em suas exposições diante de todos e circunstâncias comunicativas de modo geral. Ficou curioso para saber mais pormenores? Então não deixe essa chance passar e nos contate, agora, nesta outra página.