Dicas para economizar energia com o teletrabalho

Com a chegada da pandemia Covid-19, muitas pessoas descobriram pela primeira vez, as vantagens do teletrabalho. Uma opção que nos permite desenhar horários com grande flexibilidade, evitando viagens longas e facilitando ainda a conciliação entre a vida familiar e profissional. No entanto, isso também teve um efeito colateral nas contas de luz, que durante o confinamento dispararam em quase todas as casas.

Você está interessado neste tópico? Você acha que isso pode afetar você no futuro? Pois bem, não perca o post de hoje, pois vamos mostrar as melhores dicas para poupar energia com o teletrabalho.

Consumo de energia durante o confinamento

Segundo dados do Ministério da Transição Ecológica de alguns países, o consumo de energia elétrica caiu 12,7% durante o confinamento. Números históricos que não se viam desde a crise econômica de 2008 e que são o menor registro do último século. Mas você não acabou de dizer que as contas estavam aumentando? Se acalme! Já esta queda não foi homogênea em todos os setores.

Quando as aulas e todas as atividades econômicas não essenciais foram suspensas, escolas, instituições e empresas sofreram enormes colapsos. Nesse sentido, a demanda do setor industrial caiu cerca de 20% e a do setor de serviços 18%. Pelo contrário, o teletrabalho na Espanha, por exemplo, provocou um aumento de 4% no consumo de eletricidade a nível doméstico. Um percentual muito significativo se levarmos em conta todas as dificuldades por que passaram muitas famílias.

Gastos domésticos com teletrabalho

Ao passarmos mais tempo em casa é normal que se gaste mais luz. Especialmente se tivermos o PC, impressora e outros dispositivos ligados o dia todo, bem como as luzes ou o ar condicionado. Isso representa um aumento notável nas contas, que sufoca ainda mais a delicada economia doméstica das famílias.

Como economizar dinheiro em casa?

Como vimos, o teletrabalho apresenta uma série de vantagens, mas também nos obriga a gastar mais dinheiro em casa. Portanto, nosso principal objetivo será alcançar a eficiência energética. Como? Continue lendo.

  • Trabalho que rende mais, menor gasto

Para começar, você deve organizar e planejar todas as tarefas do seu dia de trabalho para otimizar a produtividade. Desta forma, você não terá que trabalhar mais horas e, portanto, usar ainda mais luz. Evite todas as distrações como o smartphone, e estabeleça regras para que ninguém o incomode durante o horário de trabalho. Em geral, você deve manter a mesma atitude profissional que apresenta no escritório da sua empresa.

  • Luz natural é grátis

Como posso economizar dinheiro? O próximo passo é escolher um local tranquilo em sua casa para o teletrabalho. O ideal é que fique perto de uma janela e tenha muita luz natural. Por ser mais agradável do que qualquer lâmpada ou sistema de iluminação artificial, é menos prejudicial aos olhos e é uma luz gratuita.

  • A temperatura ideal da sua casa

Com a chegada do verão, é aconselhável que você tenha uma excelente ventilação, pois assim evitará ter que ligar o ar condicionado em alta potência. Pelo contrário, quando a temperatura cair novamente, você pode se agasalhar em vez de usar o aquecimento. Se você tiver dúvidas na hora de regular o termostato, a temperatura ideal para uma casa fica em torno de 20 ou 21 graus durante o dia e 15 a 17 graus à noite.

  • Desligue os dispositivos que você não usa

Outro ponto essencial para a economia doméstica é desligar todos os aparelhos eletrônicos que não estamos usando. Por exemplo, não deixe a impressora ligada durante horas se você apenas imprime meia dúzia de documentos por dia. E não se esqueça de que os dispositivos stand-by continuam a consumir, portanto, certifique-se de desconectá-los completamente. Já existem extensões elétricas inteligentes que impedem gastos extra de energia. São uma boa opção para isso.

Quanto você economizaria trabalhando à distância?

Já falamos sobre como economizar energia em casa, mas como o teletrabalho afeta as empresas? Segundo a conceituada consultoria Kaizen Institute, essa modalidade economiza até 30% em energia, infraestrutura e despesas com viagens.

Infelizmente, o mesmo estudo reconhece que atualmente poucas empresas estão preparadas para trabalhar em casa. Pois nosso tecido empresarial exige uma padronização prévia de procedimentos. Bem como uma melhoria nos sistemas de controle e planejamento das equipes e departamentos.

Por sua vez, a EY Consulting estima que um funcionário que trabalha em casa dois dias por semana, faz com que as empresas economizem cerca de 7,600 reais por ano. Nesse sentido, o gasto energético seria reduzido em cerca de 40%. Além disso, em média cada teletrabalhador deixaria de emitir cerca de 800 quilos de toneladas de dióxido de carbono na atmosfera, o que equivale a plantar 20 novas árvores a cada ano.

Com essas dicas de poupar na energia com o teletrabalho, você será mais produtivo e eficiente, desde que sigamos esses conselhos!