Como o Google Ads pode aumentar o alcance do seu ecommerce

Loei, Thailand - May 10, 2017: Hand holding samsung s8 with mobile application for Google on the screen

Quem trabalha com e-commerce, provavelmente, já ouviu falar do Google Ads. Como o próprio nome já diz, essa ferramenta é do Google e, sendo parte do gigante da internet, pode ajudar o seu negócio a aumentar as vendas e se destacar no mundo virtual.

Apesar disso, muitas pessoas ainda têm dúvidas de como usar o Google Ads dentro das estratégias de marketing. Se você é parte desse grupo, está no lugar certo!

No post de hoje, vamos falar mais sobre o Google Ads e mostrar como essa ferramenta pode aumenta o alcance do seu e-commerce. Ficou interessado(a)? Então, acompanhe a leitura!

Quem é esse tal de Google Ads?

Imagine que você está procurando por um serviço de manutenção de empilhadeira no Google.

Ao digitar sua busca no campo de pesquisa, você se deparou com alguns links em destaque, entre os primeiros resultados.

Há uma grande possibilidade desses sites serem parte do Google Ads.

Também conhecido como Adwords, a ferramenta nada mais é que uma plataforma de publicidade do Google.

Por meio dela, é possível exibir anúncios em forma de links patrocinados, que aparecem durante uma pesquisa no buscador.

As propagandas exibidas, normalmente, estão relacionadas com certas palavras-chave, que são os termos mais procurados pelos usuários.

Por exemplo, quando alguém procura por uma fita anticorrosiva para tubulação, utilizando exatamente essas mesmas palavras, o Google Ads seleciona os anúncios patrocinados que tratam do assunto ou possuem esses termos.

Devido a isso, o Google Ads se tornou um instrumento incrível para os e-commerces, que podem ter seus produtos exibidos entre os primeiros resultados de pesquisa.

Afinal de contas, nada melhor do que entregar um anúncio relevante de algo que as pessoas estão buscando. Mas a potencialidade do AdWords não para por aí.

Há outros formatos de anúncios na plataforma, além da pesquisa. Como exemplo, temos as propagandas exibidas por meio de banners, vídeos e animações, que podem aparecer em sites parceiros do Google.

Um exemplo é quando estamos navegando em um blog sobre decoração de casas e nos deparamos com um anúncio em banner de uma empresa de controle de morcegos. Provavelmente, o blog é um parceiro do Google e exibe a propaganda.

De acordo com dados do próprio Google, só em 2011, a ferramenta de publicidade gerou 96% da receita, o que equivale a mais de 37,9 bilhões de dólares de faturamento.

Diante disso, muitas marcas já perceberam o grande potencial do Google Ads e estão investindo na ferramenta como parte do planejamento de marketing digital.

Por que o Google Ads é importante para a minha empresa?

Ora, para responder essa pergunta, vamos mostrar algumas das vantagens da plataforma (que são muitas!).

Em primeiro lugar, não há como fugir do Google. Cerca de 93% das pesquisas online são realizadas no buscador.

Portanto, para alcançar os clientes virtuais, você precisa aparecer entre as pesquisas. Então, vamos lá conhecer a importância do AdWords:

1 – Grande alcance

O Google processa mais de 63 mil pesquisas por segundo. Só no Brasil, um único internauta realiza, em média, 3 a 4 buscas por dia.

Só isso já seria suficiente para te convencer a investir no AdWords. Afinal, se o seu e-commerce está na internet, é interessante que as pessoas te achem com facilidade.

Além disso, os anúncios patrocinados são uma ótima maneira de obter um alcance maior, em um curto prazo.

Com isso, se você deseja vender uma bateria tracionária, mas não quer esperar os resultados das estratégias de SEO (Search Engine Optimization), pode ser interessante investir no Google Ads.

De acordo com dados, dos resultados de pesquisa no Google, 18% vão para o primeiro resultado, 10% para o segundo e 7% para o terceiro. Por isso, vale a pena estar no topo do buscador.

2 – Alta capacidade de segmentação

Na internet, encontramos milhares de usuários, com milhares de informações, em milhares em páginas da web. Ou seja, é um mar muito vasto e um leque recheado de opções.

Entretanto, quando estamos lidando com um e-commerce, a velha história de “atirar para todos os lados” pode não ser a melhor opção para aumentar as vendas e o alcance do seu e-commerce.

Ao contrário, a melhor estratégia é oferecer realmente o que o cliente quer, no local onde ele está.

Por exemplo, o serviço de corte a laser interessa a um grupo específico de pessoas. Então, é necessário saber quem são elas, quais suas preferências e convencê-las a fechar negócio com você.

O Google Ads oferece a criação de anúncios segmentados, isto é, direcionados especificamente para um tipo de público, o que aumenta as chances de conversão de leads (transformação de meros usuários em clientes em potencial).

Para isso, a ferramenta analisa:

  • A localização geográfica da audiência;
  • O perfil de compra dos consumidores;
  • As preferências dos usuários;
  • Os principais dados demográficos dos clientes.

Assim, o AdWords oferece aquele anúncio específico, para aquela pessoa específica, que pode ter maior interesse em adquirir o produto/serviço do seu e-commerce.

3 – Excelente ROI (Retorno sobre Investimento)

O Google Ads apresenta um excelente ROI. Isso quer dizer que, ao investir na plataforma, as chances de retorno são muito altas, dado o poder de alcance que a ferramenta oferece ao seu e-commerce.

Além do mais, o AdWords fornece informações detalhadas a respeito da interação do público com o seu anúncio.

Por exemplo, em um banner de uma bomba centrífuga auto aspirante, você pode colher dados sobre a quantidade de cliques na propaganda e o número de conversões.

Desse modo, você tem em mãos um material rico para saber quais são as estratégias que realmente funcionam.

Vale dizer que o Google Ads também permite que a empresa acompanhe o cliente, ao longo de toda a jornada de compra.

Desse modo, fica mais fácil planejar estratégias de remarketing, para convencimento e fidelização do consumidor.

E como o Google Ads funciona?

Como dissemos anteriormente, o AdWords oferece um grande diversidade de tipos de anúncios, dependendo das necessidades de cada empresa. Sendo assim, o seu e-commerce pode escolher entre as seguintes opções:

Rede de pesquisa

É o tipo de anúncio mais popular. Ele consiste na apresentação de links patrocinados nos resultados de pesquisa do Google, que aparecem por meio de palavras-chave.

Sendo assim, quando alguém procura por usinagem de peças, os primeiros resultados são anúncios do Google Ads.

Google Shopping

O Google Shopping é um dos recursos mais interessantes do AdWords, principalmente para e-commerces.

De maneira geral, ele funciona da mesma forma que a Rede de Pesquisa, porém os resultados aparecem na seção “Shopping” do buscador, já com o custo de produtos e serviços relacionados ao termo pesquisado pelo usuário.

Na prática, é algo semelhante a um comparador de preços.

Por exemplo, quando alguém digita levantamento aerofotogramétrico, o Google Shopping apresenta os produtos relacionados, bem como os serviços, com diferentes opções de compra no topo da página de resultados.

Dessa maneira, o cliente pode visualizar qual melhor item, de acordo com preço, qualidade e custo-benefício.

Para esse tipo de anúncio patrocinado, é necessário cadastrar os produtos no Google Shopping.

Rede de Display

A Rede de Display nada mais é que o conjunto de propagandas que aparecem em sites afiliados e parceiros do Google.

Uma das grandes vantagens dessa modalidade é a possibilidade de elaborar anúncios com elementos gráficos e audiovisuais, que são muito mais atrativos para os internautas e promovem maior contato com a audiência.

Assim, se você tem um e-commerce de utensílios de cozinha, o seu anúncio patrocinado pode aparecer em um blog de culinária popular; ou então, se a sua loja virtual vende artigos esportivos, ela pode aparecer em um site de futebol.

Anúncios em aplicativos

O Google Ads também tem a alternativa de propagandas em aplicativos de celulares. Para os e-commerces, isso é algo extremamente vantajoso, visto que grande parte dos usuários utiliza aparelhos móveis (smartphones, tablets e celulares).

Com essa modalidade, o seu e-commerce pode aparecer em aplicativos de terceiros, de forma similar às redes de display.

Dessa maneira, você pode direcionar o público para sua loja virtual, bem como ofertar determinado produto ou serviço.

Além disso, há a opção de ajudar o usuário a finalizar algo que iniciou, como uma compra no seu site. Isso diminui a porcentagem de pessoas que abandonam o carrinho e não finalizam o negócio.

Caso o seu e-commerce tenha um aplicativo próprio, o AdWords também tem várias formas de anúncio dentro do seu programa, para ajudar na finalização da venda e influenciar a tomada de decisão dos clientes.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.