Como importar roupas da China e outros países orientais

O Brasil é um país que faz importação de muitos produtos e matérias-primas de alguns países, mas você sabe como importar roupas da China e outros países orientais?

Quando se fala em produtos vindos da China, diferente do que algumas pessoas imaginam, muitos deles possuem uma ótima qualidade, principalmente quando falamos em roupas.

O que acontece é que muitas marcas de roupas possuem fábricas no país, o que faz com que a importação do país seja frequente para o nosso país, possibilitando que empreendedores nacionais aumentem a sua margem de lucro.

Se você está pensando em começar a importar roupas da China ou quer saber mais sobre o assunto, continua a leitura e confira algumas dicas que separamos sobre o assunto! Veja a seguir!

Dicas sobre como fazer importação de roupas da China

Fazer importação da China, de fato, é muito comum no Brasil, mas nem todos os empreendedores estão prontos para investir nessa opção. Isso acontece porque o processo de importação exige alguns cuidados e também tem algumas etapas burocráticas.

Se você está em dúvida se deve ou não começar a importar de países asiáticos, é importante que você avalie as opções e todo o processo.

Para te ajudar, confira abaixo algumas dicas que separamos sobre importação de roupas da China:

Antes de importar, conheça seus clientes com opções nacionais:

O primeiro passo para qualquer tipo de negócio é conhecer muito bem o seu público-alvo. Por isso, uma boa opção é iniciar buscando por opções de fornecedores nacionais para você conseguir conhecer melhor os seus clientes.

Quanto melhor você conhecer o seu público-alvo, mais você vai saber sobre as preferências que eles possuem e assim poder acertar na compras das roupas, evitando que elas fiquem “paradas” no seu estoque.

Além disso, ao buscar por fornecedores nacionais, você pode encontrar por opções muito vantajosas. Um bom exemplo são as lojas que vendem roupas com estilos orientais e oferecem opções que estão conquistando o mercado brasileiro com: kimonos femininos, calça tailandesa homem, roupas com estilos boho, e muito mais!

Considere o tempo de entrega das roupas:

O tempo de entrega de produtos importados da China pode variar bastante, mas, em média, são cerca de 40 dias. Isso significa que para você ter sucesso com a importação de roupas você deve fazer um bom planejamento de estoque, caso contrário, você não terá produtos para oferecer em seu negócio.

Se a sua necessidade for obter roupas com maior agilidade, é melhor que você avalie bem as opções e até coloque em prática a dica anterior de se buscar por fornecedores nacionais.

Mas caso você já tenha um estoque, ou já esteja se preparando para importar da China, só tenha paciência e atenção ao prazo estipulado de entrega.

Faça uma lista de conversão de medidas:

No momento de escolher as roupas que você deseja importar é fundamental que você tenha uma lista de conversões de medidas. Isso porque os asiáticos costumam ter um perfil corporal mais magro, além de uma estatura menor se comparados a brasileiros.

Para evitar que você compre roupas fora dos padrões dos seus consumidores, é necessário que você entenda as medidas utilizadas na China e faça a conversão para as do Brasil. As conversões básicas são:

– S (Small na China) x Infanto-juvenil no Brasil

– M (Medium na China) x PP (Pequeno no Brasil)

– L (Large na China) x P (Pequeno no Brasil)

– XL (Extra Large na China) x M (Médio no Brasil)

– XXL (Extra Extra Large na China) x G (Grande no Brasil)

Vale lembrar que essas são algumas médias de conversão, mas que isso pode variar de acordo com a fabricação das peças.

Tenha atenção a cuidados burocráticos:

Para que a sua empresa faça a importação de roupas sem ter nenhum tipo de problema com a Receita Federal, é muito importante que você tenha atenção a todos os processos burocráticos.

O seu negócio precisa ter uma licença de importação que deve ser previamente emitida pela MDIC (Ministério do Desenvolvimento Indústria e Comércio Exterior). Esse processo é feito de forma online e você pode solicitar ajuda para um despachante.

Também é necessário que a sua empresa esteja registrada no Radar Siscomex e a importação deve ser com o objetivo de comércio, em pessoa jurídica (CNPJ). Para sua empresa importar produtos de forma segura e de acordo com a legalidade, é muito importante que você entenda todo o processo e o siga corretamente.

Como escolher os fornecedores?

Se você realmente está considerando fazer importação de roupas da China, temos mais uma dica essencial para o sucesso do seu negócio. Procure por bons fornecedores!

Por mais que você avalie as opções, entenda todo o processo e saiba como escolher as roupas para o seu público-alvo, caso você escolha maus fornecedores, você corre um grande risco de receber roupas de má qualidade.

Realize pesquisas, veja a quantidade de vendas que o fornecedor já realizou e confira comentários e avaliações de seus clientes. Caso tenha dúvida, comece comprando roupas em menor quantidade para conferir a qualidade do produto e vá aumentando conforme for escolhendo os melhores fornecedores.

Dessa forma, você conseguirá escolher boas opções para o seu negócio e conquistar cada vez mais os seus clientes!