Como Economizar Dinheiro em Uma Viagem Internacional

Viajar para o exterior pode gerar muitos gastos. Por isso, confira neste artigo algumas dicas que podem te ajudar a economizar nessa ocasião!

Ter gastos fora do planejamento é normal durante uma viagem, principalmente se o destino for international, vendo que é possível encontrar produtos diferentes dos que estamos acostumados no Brasil. Sem contar os passeios e gastronomia, que geralmente são um pouco caros. 

Sendo assim, é possível seguir algumas dicas e chegar ao final da viagem sem entrar no vermelho. Confira!

Usar o cartão do seu banco

Essa é uma opção prática e econômica, já que o saque pode ser feito em qualquer caixa eletrônico na moeda local com as melhores taxas de câmbio. Além disso, ao sacar o valor desejado, a cotação do dia já é aplicada automaticamente. 

Apesar dos benefícios, alguns bancos aplicam uma taxa para esse tipo de operação fora do país, variando de banco para banco, além do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF).  Mas mesmo assim ainda é possível ter vantagens. 

Cartão de crédito

Usar o cartão de crédito também pode ser uma opção, mas deve ser uma das últimas, isso porque eles não oferecem muitas vantagens de economia para o turista. A maioria dos cartões costumam fazer a conversão pelo dólar turismo, que geralmente oferece menos vantagens do que o dólar comercial. 

Além disso, o imposto sobre operações financeiras (IOF) cobrado por esse tipo de transição pode chegar a 6,38%. 

Cartão pré-pago

Antigamente essa era a melhor opção para quem queria economizar na troca de dinheiro, já que a utilização desse cartão cobrava um IOF de apenas 0,38% sobre o valor depositado, taxa bem menor comparada a do cartão de crédito. Mas agora o imposto foi igualado para todos os tipos de transições.

Esse tipo de serviço funciona como um celular pré-pago, onde depois do cliente contratar o serviço em um banco, casa de câmbio, ou agências de turismo, pode depositar o valor desejado e usar no exterior da mesma forma que o cartão de crédito.

A facilidade e segurança são dois atrativos dessa forma de pagamento, vendo que em casos de perda o cliente não perde o dinheiro depositado nele, basta bloqueá-lo e solicitar um novo cartão gratuitamente. Além disso, é possível efetuar as recargas por transferências digitais.

Dinheiro

Andar com dinheiro em viagens não é muito recomendado, já que diferente do cartão pré-pago, o valor perdido não pode ser ressarcido. Por isso é recomendado que a quantia carregada em notas tenha o valor apenas para o taxi e gastos de alimentação no aeroporto. 

Como economizar na viagem

Além das opções mais baratas de câmbio, também é possível economizar na entrada de atrações turísticas, shows e parques. 

Internet do celular

Atualmente a internet móvel é de extrema importância, ainda mais durante uma viagem ao exterior, que muitas vezes causa dificuldades com o idioma local do país ou até mesmo com a rota para as atrações. 

Por isso é sempre importante comprar um chip de internet, que pode ser negociado com a sua operadora brasileira, ou então na sua chegada ao país. O processo costuma ser bem simples e os valores não tão altos. 

Sendo assim, é recomendado que o roaming do celular não seja utilizado, já que o valor cobrado pelas operadoras para oferecer esse tipo de serviço costumam ser bem elevados. 

Carteira de estudante internacional

A maioria dos países oferecem descontos especiais para estudantes, mesmo que de outras nacionalidades, gerando bastante economia para a sua viagem. Mas para isso é necessário emitir uma carteirinha internacional de estudante, que pode ser feita por órgãos credenciados, como a ISE Card ou a ISIC. 

Estacionamento 

Deixar o carro em um estacionamento próximo ao aeroporto Guarulhos também pode ser uma boa economia para a viagem. Geralmente esses estabelecimentos oferecem traslados até o aeroporto, gerando economia com o táxi. Além de oferecer  segurança ao veículo enquanto você estiver longe.