CEO, COO, CMO: as funções por trás das siglas de cargos em grandes companhias

empresa

Entenda o que significa CEO, COO, CFO, CTO e outras siglas populares em importantes áreas de grandes companhias

“Ex-CFO triplicou valor das ações da companhia antes de deixar o cargo”

“CEO definiu salários com base no que os colaboradores gostariam de receber”

“CMO aproxima relação de multinacional com clientes e impulsiona vendas no mercado”. 

O que todas essas simulações de notícias que você com certeza poderia ter lido por aí têm em comum? 

Um monte de siglas que denominam os responsáveis por importantes áreas de uma companhia.

Além de serem todas em inglês, a quantidade de variações torna mais difícil decorar todas essas funções. Mas a gente tem uma maneira fácil de te ajudar a entender e ficar por dentro dos cargos das startups e principais empresas de inovação.

Primeiramente, você precisa saber que todos esses cargos têm em comum a primeira e a última palavra da sigla: Chief ____ Office. 

Basicamente, é o diretor do escritório da área que é denominada ali no meio, no espaço em branco. 

Então vamos a cada um deles para você entenda o que significa CEO, CFO, CTO, CMO etc.

CEO (Chief Executive Officer) – É o diretor executivo da empresa e é importante não confundi-lo com o presidente, já que o CEO é a pessoa diretamente ligada ao planejamento e estratégias de médio e longo prazo, enquanto um presidente, por exemplo, é responsável pela parte tática e operacional.

Um dos maiores CEOs de todos os tempos é o Steve Jobs.

COO (Chief Operating Officer) – O diretor de operações. É este o cargo que o presidente de uma empresa muitas vezes pode acumular. É desse cargo também o título de braço direito do CEO, e cabe a ele coordenar de perto a produtividade das operações comerciais e a gestão adequada dos recursos.

CFO (Chief Financial Officer) – Já que falamos em recursos, quando o assunto é recursos financeiros, é o Diretor Financeiro o responsável pelo planejamento econômico. Sob o comando dele estão os investimentos, metas e objetivos, além da tarefa de assumir riscos para conseguir aumentar o valor da empresa, por exemplo.

CTO (Chief Technology Officer) – Diretor de tecnologia é responsável por comandar a área de tecnologia da informação de uma empresa. Normalmente é ele o responsável pela equipe engenharia e concentra seu trabalho no desenvolvimento de estratégias para melhorar o produto final. É comum confundi-lo com o CIO, que veremos abaixo.

CIO (Chief Information Officer) – O Diretor de Tecnologia da Informação se concentra na parte interna, na melhora dos fluxos de trabalho, em como aproveitar as tecnologias que interessam a companhia e avaliar o funcionamento dos processos. 

Ou seja, é responsabilidade dele garantir que a comunicação interna e os processos sejam eficientes e produtivas.

CMO (Chief Marketing Officer) – É da responsabilidade do diretor de marketing manter uma relação eficiente e saudável com os clientes finais, além de se comunicar com todos os departamentos que envolvam e tenham influência no departamento de marketing. Além do atendimento ao cliente, as atividades incluem gestão de vendas, desenvolvimento de produtos, publicidade e estudos de mercado.

Com essas siglas é possível compreender como funciona, basicamente, a estrutura de grandes companhias e multinacionais. 

Se você pretende se aperfeiçoar e aprimorar suas habilidades em alguma dessas áreas, essa é uma boa hora para pesquisar o que o mercado está exigindo destes profissionais.