As startups que mais têm crescido no Brasil

Segundo levantamento da Associação Brasileira de Startups (Abstartups), o mercado nacional já tem mais de 10 mil empresas desse perfil, das quais 45% estão sediadas na região Sudeste

As startups são empresas jovens, com um modelo de negócio escalável e repetível, não se limitando à modalidade virtual, mas sempre pautadas por inovações a fim de se diferenciarem de um molde mais tradicional. De 2015 a 2019, o número de startups mais do que triplicou no Brasil, passando de 4.151 para 12.727, um aumento de 207%.

Em um contexto marcado por alta competitividade, o que exige estar atualizado sobre plataformas digitais, inovações que vêm sendo trazidas pela concorrência e novas necessidades do público, as startups são marcadas por versatilidade e precisam estar atentas à novidade, tanto de clientes, quanto de plataformas e estratégias. Acompanhe aquelas que mais cresceram no país em 2019.

B2 Mamy

O principal objetivo dessa aceleradora é ajudar o desenvolvimento de negócios de mães empreendedoras, tornando-as líderes e economicamente livres. Iniciado em 2016 e fundado por Dani Junco, o B2 Mamy já movimentou cerca de R$100 milhões, ajudou mais de 700 mulheres a tirarem as suas ideias do papel e acelerou mais de 170 empresas.

Além dos números, a B2 Mamy destaca-se por seu plano de expansão e foca abrir mais pontos no país. Em um mundo cada vez mais marcado pelo feminismo, a B2 Mamy busca mostrar a possibilidade de um equilíbrio entre a vida profissional e o acompanhamento ativo do desenvolvimento dos filhos.

Quinto Andar

Essa startup foi criada em 2013, com o intuito de simplificar o processo de locação de imóveis. Em setembro de 2019, a empresa também se tornou um unicórnio brasileiro, já que conseguiu ser avaliada em um bilhão de dólares antes de abrir seu capital em bolsas de valores.

Entre os processos geralmente desgastantes e até burocráticos que a startup busca facilitar, estão administrar o pagamento de aluguel ao proprietário, dispensando o inquilino de apresentar fiador, depósito caução e seguro-fiança.

A Quinto Andar garante o pagamento do aluguel todo dia 12 e oferece uma cobertura de até R$ 50 mil em avarias à moradia, não corrigidas pelo inquilino ao término do contrato. Na cidade de São Paulo, a startup também atua com compra e venda, oferecendo uma negociação rápida.

Rock Content

Essa startup de marketing de conteúdo é sediada em Belo Horizonte e já tem cerca de 1,5 mil clientes em diversos países, como Portugal, Argentina, México, Colômbia e Paraguai.

Em 2019, ela se destacou por comprar outras empresas menores, como a iClips, também de Minas Gerais, e a ScribbleLive, dos Estados Unidos, além de possuir outras duas sedes: em São Paulo e em Guadalajara, no México. Hoje, a Rock Content é a maior empresa de marketing de conteúdo da América Latina.

Pipefy

Criada em 2015, essa plataforma de gerenciamento de processos capacita gestores a controlar e organizar seu trabalho por conta própria, em um único lugar, conectando departamentos, centralizando solicitações e contribuindo para uma melhor visualização geral. Ela está presente em mais de 150 países e tem crescido 300% anualmente, ou seja, quadruplica de tamanho a cada ano.

Uma das vantagens da Pipefy é ter construído uma plataforma que pode ser usada por qualquer gestor, além de oferecer centenas de modelos de fluxo de trabalho para que usuários possam personalizá-los instantaneamente e comecem a usá-los.

Hoje, ela tem mais de 20 mil clientes, incluindo empresas enormes, como o banco Santander e a fabricante de automóveis Volvo, e 200 funcionários distribuídos pelos escritórios em São Francisco (Califórnia) e Austin (Texas), ambos nos Estados Unidos, além de Curitiba (Paraná), no Brasil.