5 Dicas para estudar por meio de provas anteriores

estudar por meio de provas anteriores

Um dos grandes desafios de todo e qualquer estudante é conseguir otimizar seus estudos de uma maneira prática, fazendo com que o seu aprendizado seja mais fácil. Há inúmeras maneiras de conseguir isso, sendo uma das mais simples resolver provas anteriores.

Essa dica é dada para qualquer um que resolva estudar para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), para o vestibular, ou mesmo para qualquer concurso.

E aí surgem inúmeras dúvidas. Como fazer isso da melhor forma? Existe um padrão? Há uma melhor forma para começar?

De quais anos anteriores estudar as provas

Convencionou-se que a melhor maneira de estudar para qualquer tipo de exame ou concurso é pegar as quatro últimas provas.

Isso acontece porque, salvo uma pequena mudança aqui e ali, geralmente alguns assuntos se repetem, e isso pode ser um norte para o estudante, que saberá onde se focar mais.

Evidentemente que a obrigação é estudar todo o conteúdo programático, mas, sabendo mais ou menos quais os assuntos mais recorrentes, isso facilita a se concentrar naqueles com mais probabilidade de aparecerem nas provas.

Suponhamos que num concurso para determinado órgão público, as provas anteriores se concentraram bastante em Direito Administrativo. Portanto, você vai estudar os outros assuntos descritos no edital, mas, terá mais atenção para Direito Administrativo.

Provas com questões comentadas

Para facilitar o aprendizado, o mais indicado é pegar provas resolvidas cujas questões sejam comentadas, e que não tenham apenas e tão somente o gabarito com as respostas certas.

Esse tipo de conteúdo é bom, pois ajuda a fixar a matéria de maneira prática. Quando, diante de uma questão, você apenas sabe qual a resposta, muitas vezes, só isso não ajuda na compreensão.

Mas, se ela vier com algum comentário, justificando o motivo de determinada alternativa ser a resposta correta e justificativa para o erro das demais questões, aí sim, você terá condições de entender o assunto.

Refazendo as provas

Uma das melhores maneiras de saber se, na prática, você assimilou bem o assunto (ou assuntos, já que uma prova normal é constituída de múltiplos deles), é refazer aquelas pelas quais o estudante se baseou para estudar.

Para fazer com que a situação seja ainda mais produtiva, cabe cronometrar o tempo para refazer essas provas. Especialistas sugerem que o estudante pegue uma prova completa, e cronometre cerca de 3 ou 4 horas para responder suas questões.

Assim, a pessoa “entrará num clima” real de exame ou concurso, e saberá administrar o tempo de maneira correta, além de já ir se preparando para controlar uma eventual tensão que surja no momento da prova.

Separando os temas e fazendo uma lista de exercícios

Para muitos especialistas uma das melhores maneiras de estudar é separando os temas em tópicos, ao invés de estudá-los de uma única vez. E, isso pode ser aplicado no estudo e resolução de provas anteriores.

Sabendo separar os assuntos presentes o estudante estará se mostrando apto e bem conhecedor dos temas.

Fazer uma lista de exercícios avulsos, baseados nos temas estudados nas provas também auxilia numa maior memorização dos temas, e deixa o estudante mais engajado nesses assuntos, por mais difíceis que sejam.

Dica extra: como “ler” uma prova

Aproveitando a deixa de estudar por provas anteriores, é importante saber como encarar uma de verdade para ganhar tempo, e conseguir resolver as questões dela com a máxima tranquilidade possível.

Via de regra, o principal conselho é pegar a prova, e ler todas as questões, de todas as matérias. Isso possibilita que o estudante saiba quais as questões mais fáceis e as mais difíceis, e saiba exatamente por quais começar (justamente, as mais fáceis).

Assim, ganha-se tempo suficiente para tentar responder as consideradas mais difíceis, e o resultado pode ser bem positivo dessa forma.

Portanto, ao começar uma prova, o ideal é não seguir à risca sua ordem, passo a passo.

Edição do Enem 2021

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulgou as datas de prova do Enem 2021. O exame será aplicado nos dias 21 e 28 de novembro.